"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça"

17/06/2017



"O que é incrível e que uma mulher de 38 anos conseguiu ver em mim o que uma criança de 23 não conseguiu"

Ele disse me isto ontem a noite, e a criança de 23 a quem ele se refere sou eu, mas não me afectou em nada, porque finalmente eu consegui respirar fundo ao saber que a pessoa que magoei esta a repor a sua vida. Afinal eu é que o deixei quando ele estava disposto a dar tudo por mim, fui eu que desisti de nós. Mas está criança soube que estava a fazer o certo quando o abandonou, está criança sabia que não estava certo prender uma pessoa só por egoísmo (ou por altruísmo). 
Passado 1 mês e 27 dias, ele confirmou o que o meu sexto sentido dizia, ele está com outra rapariga, outra mulher quer eu dizer, alguém que eu peço a Deus que o trate com todo o valor que ele merece e com todo o respeito. 
Não importa que ele guarde rancor de mim, está no seu direito, o que realmente importa para mim é o que sinto dentro de mim, saber que fiz a coisa certa.
Ele está feliz agora.

E agora a frase cliché, finalmente virei uma página da minha vida.

14/06/2017


08/06/2017

Hoje é um dia bom. Acordei com uma paz, apesar de todos os conflitos que tenho tido nos últimos tempos, hoje a manhã teve outro sabor, acordei com vontade de ser a Sofia esperançosa, não vi nada de negativo por sair da cama. 
É verdade, eu estou sozinha, mas tenho o essencial, e o que ainda me falta eu irei conquistar, cada objetivo, cada sonho,  cada tudo. Eu sou uma menina capaz disso.

P.s: e não há nada melhor que acordar com um beijinho da minha sobrinha de 2 aninhos, implorando que ficasse comigo em vez de ir para a cresce.

05/06/2017

As pessoas não imaginam o quanto a palavra magra mexe comigo, a cada dia que passa estou a perder mais peso. Já está a ficar difícil olhar me o espelho, ver as minhas costelas bem realçadas no meu reflexo da-me náuseas.
E com o peso, a auto-estima está ir embora também, e por mais que lute contra isso, está a ficar mais difícil.
Ansiedade e o nervosismo sempre me afectou no peso, e neste momento é só responsabilidades, preocupações, problemas, tudo em cima das minhas costas.

Sinto tanta falta de me sentir bem comigo mesma.