"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça"

30/03/2016

Hoje acordei com uma nostalgia que nem imaginam e com essa nostalgia vem a vontade louca de comer um chipicão. Deve ter uns bons anos que não como uma coisa dessas. E vocês perguntam, porque raio eu haveria de me lembrar de fazer um post a falar do chipicão. Lá esta, como o blog faz parte da minha vida agora, na minha infância o que fazia parte era o chipicao, eu adorava comer daquilo. Mas não era tão fácil como parece, não tinha daquilo na mesa ao pequeno almoço, se eu quisesse ganhar um chipicao tinha que esperar até as domingos, os santos domingos. Minha mãe nunca foi de comprar guloseimas, e as refeições eram tudo a base de o que se podia cultivar na terra, então ela como sabia que gostava do famoso chipicao, comprava me ao domingo mas com uma condição, tinha que acordar cedo e ir a missa com ela, estar atenta no que o padre dissesse e depois no super mercado não podia ser das meninas que fizessem birra. Era o nosso acordo, eu fazia tudo isso, no super mercado entrava caladinha, não pedia nada, porque sabia que a minha mãe no final acabaria por colocar o meu chipicao no cesto, ai quando isso acontecia, não tão bem a ver a minha alegria, já tinha ganho o domingo.  Quando ela se esquecia, destroçava me o coração, mas também não era capaz de pedir, porque não queria ser como as meninas que faziam birra.
 Ai se as minhas preocupações de hoje em dia fosse apenas conseguir ganhar um chipicao ao domingo...
As vezes bate aquelas saudades de ser criança.

3 comentários:

  1. Eu tbm adorava isso e já não como há séculos. A alguns meses matei saudades das pintarolas, do ovo kinder, das batatas fritas de presunto e agora ando com desejo das de queijo, e de uns chocolates que já nem existe. os famosos "botões"galak. Isso e um gelado que a minha avó vendia lá na loja dela, um com pintinhas às cores ai eu comia um todos os dias, que saudades!

    ResponderEliminar
  2. Que saudades de comer um chipicao! :o

    R: Obrigada pelas tuas palavras Sofia <3

    ResponderEliminar
  3. Para mim sempre foi o pão com tulicreme na casa da avó :)

    ResponderEliminar