"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça"

20/03/2016

Busco forças na fraqueza dos outros, não interpretem mal, o que eu quero dizer é que quando vejo e sinto que alguém esta vulnerável, quando sinto que alguém está a sofrer, eu guardo as minhas fraquezas e mantenho me firme e forte, podendo assim ajudar, minimizando a dor das pessoas, tentado arrancar sorrisos de rostos que só se vê lágrimas, mesmo que eu esteja de rastos também, sei lá, faz me um bem cá dentro.
Olhando assim, ninguém diz, mas há toda uma explicação do porquê eu ser desse jeito. Só eu mesmo, que sempre estive comigo, aguentando as barras, as rupturas, os socos na cara, não preciso de partilhar as minhas dores. 

6 comentários:

  1. Eu sou do tipo "sofrer" sozinha, sou muito reservada, sempre fui assim e nem sempre gosto...

    ResponderEliminar
  2. Normalmente sou como tu, por muito mal que eu esteja tento sempre ajudar os outros quando eles estão mais em baixo...

    R: É pena é que nem sempre seja pela positiva!

    ResponderEliminar
  3. Eu gostava de ser assim, mas sou muito transparente.

    ResponderEliminar
  4. Eu cá também sou pessoa que prefere sofrer sozinha...
    mas pronto.
    Gostei do teu post para variar :P

    Beijo, Sophie
    http://www.wordsofsophie.com/

    ResponderEliminar
  5. Eu costumo ser assim, não partilho as minhas dores e tento sempre ajudar quem precisa. No entanto, nem sempre faz bem e há que fazer uma pequena pausa. Há que ter um certo equilíbrio de tudo.

    ResponderEliminar