"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça"

05/03/2016

Pois é, chega a ser irónico, o meu último post que foi escrito perto de uma semana atrás, tem como titulo "Ando bem com a vida" e neste momento está tudo menos bem. Realmente esta coisa de partilhar a nossa felicidade acaba por nos prejudicar, sempre fui e sou uma pessoa positiva e nunca tive intenções de o esconder, talvez sou assim porque sou muito "de boa", o meu desapego, a minha indiferença faz com que não dramatize tanto e ache que as coisas vão acabar sempre bem, mas, lá está, há sempre um mas...mas isto acontece com tudo, menos quando o assunto é família, ai sim eu dou o dobro da importância, ai sim, eu sofro com a cabeça cheia de pensamentos. Fui um semana agitada cá em casa, senti que a minha mãe envelheceu imenso com tudo isto e senti que só nós, eu e a minha família, nos podemos proteger uns aos outros. Porque o resto apenas quer matar a curiosidade.

6 comentários:

  1. Família é família, os únicos que podemos realmente confiar. Os demais,é relativo. Acredita que já aprendi isso.
    Muita força querida, e que a tua mãe recupere, seja do que for. Algo que precises, diz.

    ResponderEliminar
  2. Espero que a situação se revolta pelo melhor,e concordo quando dizes que mostrar a nossa felicidade só nos prejudica.

    ResponderEliminar
  3. Aprendi a "esconder" a minha felicidade da mesma forma...

    ResponderEliminar
  4. Sempre que julgamos que está tudo bem é quando tudo desmorona... Espero que tudo se resolva!

    Beijinhos,
    The Lost Louboutin Blog

    ResponderEliminar
  5. É sempre assim, daí nunca podermos dizer que ando bem da vida, vem sempre maus olhados atacar.
    Mas vai tudo correr bem vais ver, tudo se resolve :)

    Beijo, Sophie
    www.wordsofsophie.com

    ResponderEliminar
  6. Felizmente, a vida é feita de acontecimentos infelizes e felizes. Digo felizmente porque julgo que se só tivessemos acontecimentos felizes nunca lhes daríamos tanta importância, ou simplesmente passaríamos toda uma vida de forma monótona... Se assim for porque há-de a nossa manifestação de alegria nos prejudicar? Não foi karma... É só assim que acontece... Um dia estamos bem, no outro não, no outro já estamos de novo. Sempre assim :) Não? :)

    ResponderEliminar