"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça"

13/03/2016

Senti que precisava de escrever, precisava de desabafar de alguma forma, então que seja desta.
Ficou tudo tão vazio, a cada dia que passava fomos ficando mais distantes um do outro, e levou-nos ao nosso maior medo. nós perdemos um ao outro, deixou de fazer sentido continuar mos juntos apenas porque sim, havia amor, há amor, mas faltou mais que isso, fomos egoístas, egoístas ao pensar que  o amor era suficiente e acabamos por abandonar o que tinha-mos de belo. Não há um culpado, existem dois, nós os dois, não vou apontar nem julgar uma pessoa que me fez bem durante muito tempo, foi bom, e não me arrependo de nada, nem das inúmeras palavras que estão escritas neste blog sobre ele. A relação terminou, o amor talvez não.

1 comentário: