"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça"

11/02/2016




Quando era pequena ia ao dentista e ele dizia “se estiver doendo, avise”, mas eu sofria quietinha. Virou hábito, se for para sofrer, eu sofro sozinha. Já foi por medo de incomodar, mas agora já não, apenas prefiro fazê-lo sozinha, de olhos inchados, nariz vermelho, , no refúgio do meu quarto. Se a dor tem que ser sentida, então que seja apenas por mim, não preciso de transmitir energias negativas.
Serei sempre a menina que guarda a dor no bolso para cuidar da dor do amigo, porque quando somos bons para os outros, acredita, somos ainda melhores para nós. 

7 comentários:

  1. Pronto já sabes o que acho.. :)
    Adorooo...

    Beijoo,
    www.wordsofsophie.com

    ResponderEliminar
  2. Também sofro sozinha e isso até é mau, porque guardas tudo para ti.
    Mas sabes?! se não queres desabafar com alguém de confiança, vai escrevendo tudo o que pensas.
    Ajuda bastante. Comigo foi assim.
    Alivia!

    Bejos. *

    ResponderEliminar
  3. Sou muito assim, mas chega uma altura que tenho que deitar a dor para fora :o

    ResponderEliminar
  4. Ás vezes sofrer sozinha é o melhor :)

    ResponderEliminar
  5. Eu pessoalmente não consigo sofrer sozinha se preciso de falar a única pessoa que se percebe logo e nem preciso de dizer nada é o meu marido e quando eu digo que não é nada de mais ele responde com um "não gosto de te ver assim e é alguma coisa sim para te estar a incomodar é porque é." e por mais voltas que dê acabo sempre por falar e para mim é o melhor.

    R:É uma sensação tão boa ahah.

    ResponderEliminar
  6. Também sou assim, e sempre fui. E nem sempre foi/é o melhor ...

    ResponderEliminar