"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça"

07/12/2015


A cada dia que passa tenho mais a certeza que não inventaram nada melhor do que o colo de mãe desde que o mundo é mundo, não é que eu seja dependente dela, eu consigo sair a rua sem ela, óbvio, mas sei que ela é a única pessoa que fica rezando para que volte, e apesar de nós nunca dizer mos que amamos uma a outra, sabemos bem que esse é o sentimento que mais nos une.
Hoje eram 3:26 da manhã e ela acordou me, toda despenteada com o seu ar de cansada, trazia uma caneca de chá, disse me que estava constantemente a tossir mesmo a dormir. Eu? eu fiquei a olha para aquilo e a única coisa que me passou pela cabeça era quanto eu amo aquela mulher, é que pode vir o namorado, irmã, melhor amiga, Papa, ou o Obama, que eles nunca iriam acordar as tantas das madrugada para ir para a cozinha fazer um chá para que eu melhore da tosse. 
Doloroso mesmo é saber que um dia ela irá embora, que aquela saudade irá permanecer para o resto da minha vida, perder alguém que já deu tudo de mim, para me ver feliz e não ver uma lágrima no meu rosto, isso sim é doloroso!

8 comentários:

  1. Sinto imensa falta da minha mãe aqui em Lisboa...

    ResponderEliminar
  2. Como te entendo! Mãe é mãe e seja quem for, ninguém substitui o lugar dela!

    ResponderEliminar
  3. Ainda bem que lhe dás valor. Quantos e quantos filhos não dão.Mas também te digo que, nem todas as mães fariam o que a tua mãe fez. A maioria sim, mas algumas viravam-se para o outro lado.

    ResponderEliminar
  4. Tenho tanto medo de perder a minha. :'( Sei que um dia vai acontecer, é a ordem natural das coisas, mas vai ser tão doloroso. Imagina o vazio que deixa perder uma das pessoas que mais amas?
    -Elisabete

    ResponderEliminar
  5. Há pessoas na nossa vida que são insubstituíveis. As mães são assim.

    ResponderEliminar