"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça"

02/11/2015



Poderia dizer que sou ama, mas não, sou mais que isso, sou tia,
Parece fácil, e é, quando não tens que ficar com eles todos os dias, todas as noites, todas as horas, é fácil quando só os vês la na época natalícia.
Eu gosto de crianças, hoje em dia tenho noção disso, gosto da maneira como eles aprendem, como reagem as situações, gosto como eles são ingénuos, gosto de os ver a dizer verdades que os adultos não conseguem.
Mas nem sempre foi assim, ao 13 anos comecei a cuidar da minha sobrinha Lú, e na altura detestei a ideia, afinal eu era uma adolescente, não queria ficar presa em casa para cuidar de um bebé, mas foi o que aconteceu e foi nessa época que decidi não ter filhos, não queria passar por aquilo novamente, queria ser "livre" sair, trabalhar, fazer desporto, viajar, tudo sem a preocupação de um filho, basicamente queria fazer tudo o que não consegui fazer enquanto era adolescente.
Engraçado como as coisas mudam, já se passaram 9 anos e hoje em dia a Lú continua cá em casa, as vezes ainda foge para a minha cama para dormir-mos juntas, não a considero como uma filha, mas como uma irmã talvez, e se algum dia ela tiver que ir embora, eu vou ter que aceitar isso, mas não digo que não  me vá custar.
Agora se me perguntarem, é óbvio que vou querer ter um filho um dia, aprendi muito com a Lú e tenho a certeza que serei uma ótima mãe.
Reclamei tanto durante a minha adolescência e agora, para além de cuidar da Lú, também cuido da Maria, minha outra sobrinha com apenas 2 anos. Sei que já não passo sem estas pequenotas, elas enchem de alegria.
É minha vida de tia.


9 comentários:

  1. Aos 13 anos aquilo que perspetivamos para o futuro é obrigatoriamente do que perspetivamos aos aos 22. Pelo menos para a maior parte das pessoas, mas nisso o meu percurso foi praticamente igual ao teu. Aos 13 que ninguém me falasse em crianças, hoje já as adoro em parte pelas que me foram aparecendo cá por casa xD

    ResponderEliminar
  2. Existem crianças que nos fazem mudar de ideias!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  3. As crianças são o melhor do mundo :)

    ResponderEliminar
  4. as crianças, ajudam muito uma pessoa :)

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Eu cuidei algum tempo da minha prima, que hoje é muito mais que isso. É a minha irmã, a minha soulsister. É verdade que quando somos mais novas vemos a vida de uma perspectiva diferente, mas as crianças, principalmente aquelas que vemos como "nossas" mudam-nos completamente.

    ResponderEliminar
  6. Também adoro crianças :)

    R: Obrigada :D

    ResponderEliminar
  7. as crianças são qualquer coisa mágica ! :)

    sigo *

    ResponderEliminar
  8. Não sou tia, mas sou prima-tia porque tenho primas com idade para serem minhas sobrinhas. E sim, é muito bom :)

    ResponderEliminar