"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça"

26/11/2015


Acordei com a sua chamada, e deixou me a pensar, no seu jeito, tão único, tão dele. Não me canso de pensar o quão bonito é, eu vejo beleza até nos defeitos dele, ele tem um jeito de menino, tão carinhoso, tão meigo, um jeito de sorrir, que tira totalmente a graça dos outros sorrisos por ai. Ele é inteligente e talentoso em tudo o que faz, não me canso de admira-lo, ele é romântico e engraçado, é fácil conhece-lo e ama-lo. A menina da razão que eu sou perde-se quando fala nele, torno-me emotiva, torno me numa criança ingénua, faz me sentir tudo demais, tudo o que nunca senti durante anos. Não sei o nome disso que estamos a sentir um pelo outro e também não me importa, pode ser o ápice ou o precipício, tudo bem, e também não sei se teremos habilidade para cultivar tudo isto, mas farei de tudo para multiplicar todo tempo contigo.
É um tipo especial de amor, talvez seja aquela coisa que só acontece uma vez na vida.





6 comentários: