"O mais corajoso dos atos ainda é pensar com a própria cabeça"

29/09/2015



Não te peço flores, nem um jantar romântico, muito menos uma caixa de chocolates;
Não te peço que nós vejamos filmes abraçados, nem que leiamos poesia juntos;
Não te peço que nós passeemos na praia ao pôr-do-sol, nem que deixes bilhetes de amor em locais inesperados;
Não te peço que me dediques ou cantes músicas, nem que me beijes a chuva;



Apenas peço que me ames tal como eu te amo.
Desculpa se é pedir muito.

0 comentários:

Enviar um comentário